quinta-feira, 12 de junho de 2008

Num canto, cansado

Eu simplesmente estou me sentido cansado...
Cansado é a palavra que irá melhor me definir hoje!
Cansado de ter que tentar provar, de querer que provem...
Cansado de tentar ser o melhor e estragar tudo!
Cansado de ter a pessoa que quero e não o que quero!
Cansado de ter o que quero, e não a pessoa que quero!
Cansado de esperar que as soluções caião do céu...
Cansado do meu futuro promissor que é sempre no futuro!
Cansado de ser tudo isso que sou...
Cansado de tentar ser algo que não sou!
Cansado de tentar descobrir como fazer da minha vida melhor!
Cansado da vontade de tentar melhorá-la!
Cansado de sentir inveja, de ser egoísta...
E cansado também do oposto!
Se ontem quis a verdade e a felicidade...
Hoje só o gosto!

O gosto de ser...
De poder ser
De tentar ser...

E a pergunta que não quer calar.
Os anjos, de onde vêem???

Eu procurei naquele céu e vi!
Juro que vi...
Aquele que era nosso telhado no dia que foi dito...
Aquilo que fez todo o resto ser dito...
No dia que magamalabarizamos nossos sonhos!

Um comentário:

  1. guilherme athaide23 de junho de 2008 17:24

    Ei cara, também me sinto cançado. De tudo isso que você falou somado a vários outros fatores
    Mas uma coisa que está me servindo de pílulas de ânimo é o blog!

    Aliás, qual o texto que você tinha dito pra eu ler?
    Passa no Quidquid e procura "Morte e Vida da Plantinha".

    Abraços!!!

    ResponderExcluir